6 de junho de 2023

Ripple e Coinbase investiram na expansão da bolsa Bitso na América Latina

A principal bolsa de criptomoedas do México, Bitso, atraiu financiamento de investidores famosos do setor em expandindo suas atividades na América Latina. O montante do investimento não é divulgado, relata o The Block.

Uma rodada de financiamento liderada pela empresa fintechO Ripple também participou da maior empresa de criptomoedas dos EUA, a Coinbase. Além disso, os participantes da rodada foram o Digital Currency Group e a Pantera Capital, que haviam investido anteriormente na bolsa.

A Bitso trabalha no México desde 2014 e comopretende atender 750 mil usuários no país. A bolsa pretende usar os recursos arrecadados para expansão de negócios principalmente em países grandes como Argentina e Brasil.

Entre outras dificuldades econômicas, váriosOs países da América Latina estão enfrentando crises cambiais. Na Argentina, o governo, por exemplo, impôs restrições à compra de moeda estrangeira, tentando impedir a queda do peso. A economia do Brasil entrou em recessão devido ao alto desemprego, ao declínio dos investimentos e à recessão global.

Nesse contexto, a criptomoeda está crescendo na regiãoatividade. Na Argentina, o volume semanal de transações de bitcoin na plataforma p2p LocalBitcoins saltou para quase US $ 196 mil. No Brasil, esse número chegou a US $ 307 mil.

Ripple e Coinbase investiram na expansão da bolsa Bitso na América Latina

Volume semanal de transações em LocalBitcoins na Argentina (em pesos). Fonte: coin.dance

Lembre-se que anteriormente, uma das maiores bolsas de Bitcoin da Huobi anunciou a abertura de uma plataforma de negociação de criptomoedas na Argentina.